Você está aqui

Em que medida a arquitetura pode ser considerada arte

Artistas e arquitetos trabalham hoje com a realidade de um mudo cada vez mais imagético. É evidente que a relação entre arte e arquitetura envolve um conjunto de questões muito amplas que é impossível de ser abordado a não ser em recortes parciais.

Na cultura contemporânea, arte e arquitetura compartilham cada vez mais questões comuns, estreitando as suas fronteiras disciplinares para compor um complexo maior, cujo sentido nos faz entender o mundo contemporâneo.

 

Artistas e arquitetos trabalham hoje com a realidade de um mudo cada vez mais imagético. É evidente que a relação entre arte e arquitetura envolve um conjunto de questões muito amplas que é impossível de ser abordado a não ser em recortes parciais. Mas é inevitável ver artistas plásticos invadindo o espaço de arquitetos e engenheiros, por um lado, e arquitetos invadindo o espaço de artistas, por outro. Artistas trabalhando sobre critérios objetivos e recursos industriais e arquitetos utilizando a subjetividade plástica.

 

Porém, os arquitetos só podem projetar amassando papéis ou distorcendo maquetes porque os avançados softwares que utilizam já permitem uma conexão entre a invenção artesanal e a coordenação das imagens em três dimensões, de modo a resolver construtivamente o objeto arquitetônico. Na era digital, o arquiteto encontrou condições ideais para trabalhar como um escultor.

 

Projeto: Espaço do Traço Arquitetura

Arte: Flávia Tronca

www.flaviatronca.com